Sindicato dos médicos
  • Sindimed Sindimed
  • Dica cultural: 4 músicas pela semana do 1º de maio

    Postada em 5 de maio de 2017 as 08:51
    Compartilhe:


    Sim, eu fui ao 1º de Maio de Salvador este ano, meio ressabiado com a programação musical (nosso diretor Gil Freire, do Sindimed, bem sabe o porquê). Para minha surpresa, muito além do potente trio que foi usado, a programação musical se mostrou balanceada e não discrepou em nada do caráter de festa dos trabalhadores. Um alívio, para quem a coisa de 3 anos ouviu até Lepow-Lepow no ato trabalhista…
    Destaque para meu colega de redação no Sindicato dos Bancários a coisa de muitosss anos, Marcio Lima, que me supersurpreendeu cantando com sua banda, a ‘Na Lua’.

    Portanto, serve o gancho para elencar alguns conteúdos que têm a ver com a data.

    dalva-de-oliveira

    Constrangidíssimo por ter crescido ouvindo Dalva de Oliveira me cantar um Brasil que sonhava com a ‘ternura de mãos se encontrando’ e a ‘alegria de um barco voltando’ imagens oníricas que, claro, deveriam sempre ser saudadas por corações progressistas como pontos de chegada de casais con/vivendo em um mundo mais harmônico, lembro que hoje, 5 de maio de 2017, é a data que marca o exato centenário de  Dalva de Oliveira. Embalemo-nos em sua voz. Quem sabe, a gente reflita bem em como não repetir um Brasil de latifundiárias-ministras, empreiteiras sinistras e outros horrores que têm desfilado ante nossos olhos.

    Desta vez, eu diria que há ecos de boa vontade com o noticiário a respeito da efeméride, em especial, na sua cidade natal. Segundo texto da rede de televisão regional EPTV:

    Rio Claro (SP) realiza a partir desta quarta-feira (3) a primeira edição do Festival Dalva de Oliveira com apresentações musicais e exposição. O evento comemora até sábado (6) o centenário da cantora rio-clarense, que foi eleita a ‘rainha do rádio’ na década de 1950.

    tonho-materia2013

    Minha reverência, paixão e devoção a Tonho Matéria por essa linda música que fala do líder independentista de Moçambique, Samora Machel. Quem sabe, um dia, os dirigentes desses atos de 1º de Maio me darão ouvidos e nós possamos incluir esta música de arranjo extremamente feliz no programa

    Para arrepiar de vez o coração, recomendo com alguma fé renovada Martinho da Vila desfiando a música que diz

    Os meninos à volta da fogueira
    Vão aprender coisas de sonho e de verdade
    Vão perceber como se ganha uma bandeira
    E vão saber o que custou a liberdade

    fabio-paes_capa_pintura_tripoli-gaudenzi

    Tá, não pode faltar se falar em Canudos – até por 2017 marcar 180 anos do médico Cesar Zama, que com seu destemor revelava na Salvador da censura dos ruybarbosas os fatos mais pujantes daquele momento – no mínimo – épico da brasilidade. Para fechar nossas indicações, Fabio Paes, com ‘Salve Canudos’.
    Além de Dalva de Oliveira

    Vejam que co-incidência feliz une na forma de aniversários os quatro dias que se seguem;
    Hoje, é dia de Geraldo Alves(que já começou a carreira parceiro de Chico Anysio, Zé Trindade e Tutuca), amanhã, Maria José “Zezé” de Macedo, no dia 7, Jorge Loredo, e dia 8, a primeira namoradinha do Brasil, Adelaide Chiozzo. Todos têm no humor sua fonte principal ou muito marcante na carreira.

    Quem quiser ouvir meus curtos áudios de  humor (um por dia) para homenagear estes baluartes, basta pedir pelo Telegram 71 9 8202 4340 ou Whatsapp 71 9 9720 5854.

    Texto e pesquisa de Marko Ajdaric.
    https://www.facebook.com/marko.ajdaric.79

    Material exclusivo do Sindicato dos Médicos da Bahia. Não se autorizam cópias, no todo ou em parte.



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



  • sindimed.com.br ©2016 Todos os direitos reservados.