top of page

Programa de Residência Médica dos Anestesiologistas do HGRS


No início de outubro, Sindimed enviou ao Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) um ofício reportando inúmeras situações relacionadas ao Programa de Residência Médica dos Anestesiologistas, que comprometiam a atuação e o aprendizado dos residentes. A partir daí, ocorreram reuniões com o objetivo de buscar soluções, reorganizar e requalificar o Programa. Na presença do Sindimed, Cremeb, Cerem, Sesab, INTS, e Coreme, os representantes do HGRS firmaram compromisso de buscar soluções para os problemas.


No dia 29 de novembro, porém, em assembleia regular com o Sindimed, os médicos residentes anestesiologistas relataram não ter ocorrido qualquer progresso na requalificação ou reorganização no Programa de Residência Médica. Manifestaram, mais uma vez, extrema preocupação com o fato de o Programa de Residência ter perdido o reconhecimento formal da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA). Os residentes Informaram, ainda, que a situação está refletindo em outros programas de residência médica cirúrgica do hospital.


Em assembleia, foi decidido fazer nova tentativa de solução junto ao hospital, com a possibilidade de iniciarem um movimento coletivo da categoria. Na ausência sinalização de ações efetivas do HGRS para a requalificação do Programa de Residência Médica em Anestesiologia, até o dia 5.12.2022, os médicos podem iniciar, às 00h do dia 6, um movimento de restrição de atendimentos.


Sob orientação do Sindimed e firme compromisso dos médicos residentes em Anestesiologia, não haverá qualquer risco aos pacientes que necessitam dos serviços de saúde disponibilizados no HGRS. Os procedimentos cirúrgicos permanecerão acompanhados pelos profissionais médicos efetivos da unidade.


Em vista da grave situação, o Sindimed enviou ofício para o Ministério Público Estadual (MPE) relatando os fatos ocorridos e solicitando acompanhamento da situação, para que uma solução seja construída com maior brevidade possível.


O Sindimed se coloca à disposição para novas reuniões, debates e tratativas de soluções que possam caracterizar requalificação e reorganização efetiva do Programa de Residência Médica em Anestesiologia do Hospital Geral Roberto Santos. Ao tempo em que aguarda confirmação de reunião conjunta, proposta para o dia 5.12.2022, véspera do provável movimento restritivo dos residentes anestesiologistas.

WhatsApp.png
bottom of page