Sindimed cobra urgência para reunião sobre a Residência em Anestesiologia do Roberto Santos


A reunião on-line que foi marcada pelo Sindimed para esta sexta-feira, 14 de outubro, teve que ser adiada para o dia 20, a pedido da Coreme e da direção do Hospital Roberto Santos (HGRS). O Sindicato entende que a questão demanda providências urgentes e não devia ficar sendo postergada, como vem acontecendo. Seria até preciso antecipar essa data, diante das repercussões advindas da crise da Residência em Anestesiologia.


Diversas outras especialidades cirúrgicas e seus serviços de Residência do hospital estão sendo afetados, na medida em que a Residência e o serviço de Anestesiologia estão na base de inúmeros procedimentos. Cirurgias já agendadas estão sendo canceladas, prejudicando pacientes, o aprendizado dos residentes e a dinâmica do próprio hospital, cuja demanda está sendo represada, sem regulação eficiente para essas cirurgias.


Já não é a primeira vez que a Coreme e a diretoria do HGRS deixam de participar da discussão de uma questão que é de suma importância e de grande urgência. O Sindimed apela para a sensibilidade dessas instâncias, para que possamos superar os problemas o mais rapidamente possível.


WhatsApp.png